terça-feira, 23 de março de 2010

Tu vê né? Que doidera!


Existem poucas fontes falando sobre ciência, racionalismo e ceticismo em português, e as que eu encontrei expõe as idéias de uma maneira correta porém chata pra carai, não creio que alguém que ainda não esteja convencido vai ter paciência de ler uma parada tão monótona.

Acho que a ciência precisa usar uma linguagem matematicamente correta e não ambígua em artigos e publicações, mas não quando se tenta fazer entender mundo afora. A grande mídia faz um ótimo trabalho de mostrar a coisa de maneira não enfadonha, mas um péssimo trabalho de mostrar a ciência corretamente.

Espero usar esse espaço pra trazer um pouco mais de ciência e racionalidade à língua portuguesa. Não sou físico, químico, biólogo ou astrônomo, apenas um leigo curioso que acha que vai conseguir repassar idéias complexas de maneira simples, com leitura fácil. Não vou ficar cheio de dedos pra escrever, e vou me usar de termos chulos e de baixo calão quando me der na telha. E tenho dito, você foi avisado.

E antes de mais nada, é bom clarificar o que é ceticismo, que tem uma conotação geralmente negativa. Cética é a pessoa não toma partido de uma afirmação até que tenha evidências suficientes para tal. Não é correto por exemplo chamar àqueles que não acreditam que o holocausto aconteceu como céticos do holocausto. Existe evidência abundante sobre isso, e eles devem ser chamados de 'negadores' do holocausto - é, em português fica uma merda. A personagem Scully por exemplo, do seriado Arquivo X, não deveria ser chamada de cética, pois no universo mostrado no seriado ela tem evidência mais do que suficiente para acreditar em alienígenas - ela é uma 'negadora'.

O ceticismo científico é um 'kit de detecção de bobagens', como disse Carl Sagan. Os céticos são frequentemente caracterizados como tendo a mente fechada. Quem tem a mente mais fechada, aquele que já tem posição formada sobre um assunto, seja ela favorável ou desfavorável, ou aquele que está sempre disposto a mudar de posição se a evidência a corroborar?

Na medida do possível, vou tentar adicionar links e referências em português, mas não tenho como evitar as referências ocasionais em Inglês, porque elas simplesmente não existem em Português.

Sugiro aos leitores interessados fazer a inscrição por RSS, porque a atualização desse blog deve acontecer de vez em nunca - uma vez por mês e olhe lá.

Artigos na pilha, a serem postados num futuro distante:
- O Problema do Mal
- E=MC2 , relatividade e Super Novas
- Pareidolias, e a falácia do 'Eu só acredito vendo'

2 comentários:

Apoc disse...

Gostei da iniciativa. =)

Bora fazer esse povo pensar!

Fox disse...

Boa sorte nessa empreitada!
Espero poder usar o seu blog para ajudar a convencer alguns amigos.